sábado, 8 de maio de 2010

era o verde carregado e eram as palavras induzidas com amor. era o tempo que passava a voar a cada movimento que faziamos. eramos um so. uma so vida, uma so alma. agora perdida, agora acabada. perdida no ceu, perdida no mundo, perdida no nosso pensamento. felicidades agora separadas eternamente. nunca te vou deixar de amar, mas o teu caminho é diferente do meu. a tua felicidade está distante da minha. Vive-a.

11 comentários:

  1. compreendo bem o que tás a sentir , pelo que descreves no texto (!)
    lindoo .

    ResponderEliminar
  2. Nossa , liindo flor . Amei e estou a seguir ;*'

    ResponderEliminar
  3. Muito bonito (:
    Vou seguir *
    Beijinho *

    ResponderEliminar
  4. Muito obrigada (:
    visita o meu novo blog e diz me o que achas (;
    Um beijinho ~

    ResponderEliminar
  5. Amei o teu blog tal como este post *-*
    Estou a seguir (;

    ResponderEliminar
  6. Obrigada (:
    É um simples texto , não foi mesmo verdade, mas identifica-se um pouco.

    ResponderEliminar